Acerca de mim

A minha foto
"Com pequenas variantes, era um dia como todos os outros, até que bateste levemente na porta e inundaste a minha sala com a água clara dos teus olhos e salvaste a minha vida com um filtro mágico do teu sorriso e acendeste o mundo com o outro da tua trança semidesfeita e disseste, venho saber no que posso ajudá-lo, o meu nome é Inês."

sábado, 22 de novembro de 2008

Genuínos!



São naturais e verdadeiros. Não gosto deles só pelo "pêlo" (que não é pêlo) nem pelas "barbatanas", como se pensa. Gosto porque são genuínos, são puros, sem o serem como humanos, são honestos e um pinguim é sempre estreme. Aparentam ser magnânimos e ostentam, simbolicamente, sinceridade.

Adoro-os e confesso que fico feliz quando dizem que bato palmas da mesma forma como eles batem as "barbatanas", ou seja, as asas!

Saber que somos nós a destruir as suas casas deixa-me um pouco desiludida.

Beijinhos de pinguins e um óptimo Domingo *

1 comentário:

I (vone) disse...

Obrigada pelos comentários ;)
Pois, fui fazendo várias alterações a ver no que dava e também acho que agora sim... está quase lá! também acho que tem tudo a ver comigo :)
A manhã foi preguiçosa e por isso boa!!!
Também gosto de pinguins, sempre os achei tão queridos e fofinhos :) A semana passada vi uma t-shirt que tinha um pinguim (já não sei onde :/) e lembrei-me de ti :) Até comentei com o meu irmão! Eu compreendo este teu amor; passa-se o mesmo comigo em relação a joaninhas!!! Perdi-me de amor por elas há poucos anos atrás.
Post bonito! Para variar! :P

Beijinho de joaninha para pinguim! :D *