Acerca de mim

A minha foto
"Com pequenas variantes, era um dia como todos os outros, até que bateste levemente na porta e inundaste a minha sala com a água clara dos teus olhos e salvaste a minha vida com um filtro mágico do teu sorriso e acendeste o mundo com o outro da tua trança semidesfeita e disseste, venho saber no que posso ajudá-lo, o meu nome é Inês."

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

o prometido é devido

temos dias em vão. dias que se perdem, que se escondem e que são escuros. são frios, são pequenos, mas demoram tanto a passar. trazem medo. há dias, para algumas pessoas que são jogos, dão-se cartas e no fim a mesa é limpa. são esquecidos os esforços do caminho, os sorrisos. não aquecem nem protegem, mesmo quando se precisa tanto. e tu chegaste com a promessa de que a minha vida ia mudar, de que não ias apagar estes dias maus, mas sim que lhe ias dar cor. e eu acreditei tanto em ti, porque tu sabias fingir até a luz do teu olhar. e para mim o mundo estava cheio de caminhos bonitos, de sorrisos escondidos e tímidos, de palavras ditas à luz do mundo, na inocência do que se é, sem se saber bem. juraste que tudo ia ser diferente. juraste que o sol ia brilhar em todos os recantos do meu mundo e iria aqueces todos os lugares, mesmo os que estivessem mais no meio de nada. tu acordavas no meu sorriso de manhã e eu sabia que estavas ali, que te pegava na mão e que mesmo nessa manhã eu iria conhecer outro lugar do mundo. tu prometias e eu acreditava. eu escrevia a nossa história, num livro de alegria, apaguei tantos medos e incertezas... e tu prometias que ia ser sempre assim. "dessa vez tu não cumpriste e faltaste ao prometido, eu fiquei sentida e triste... olha que isso não se faz."

Música: O Prometido é Devido - Rui Veloso

11 comentários:

LM disse...

Adorei !

É terrivel quando nos prometem o mundo e depois, na hora da verdade, nos deixam ficar mal. Pior aínda é o que sentimos nessa altura... A frustração de termos sido inocentes ao ponto de acreditar que era possivel todas as promessas se tornarem realidade. Mas a culpa não é (só) nossa ! :)

Cherry Blossom Girl disse...

Adorei o post e gosto tanto dessa música! :)

Saudades, espero que andes bem ;)

Beijinho**

Mariana Moralles disse...

Amei o postttt!!! beijossssssssssss

Andreia disse...

Excepcional este post :)

Adorei, mesmo!!

V disse...

«começas a aprender que beijos não são contratos e presentes não sao promessas» lembrei-me deste excerto de shakespeare ao ler o teu texto. ele sabia o que dizia. Os presentes, neste caso o que esse alguem te fazia idealizar nao eram promessas mas exactamente isso uma ilusão. enfim, o prometido deveria ser devido mas a vida encarrega-se de nos trocar as voltas. um beijinho *

coisas que acontecem ou não disse...

Hello, entao cm ta a menina? beijocasss

André C. disse...

Naquele trilho secreto
Com palavra santo e senha
Eu fui língua e tu dialecto
Eu fui lume e tu foste lenha

Fomos guerras e alianças
Tratados de paz e péssangas
Fomos sardas pele e tranças
Popeline seda e ganga

Recordo aquele acordo
Bem claro e assumido
Eu trepava um eucalipto
E tu tiravas o vestido

Dessa vez tu não cumpriste
E faltaste ao prometido
Eu fiquei sentido e triste
Olha que isso não se faz

Disseste que se eu fosse audaz
Tu tiravas o vestido
O prometido é devido

Rompi eu as minhas calças
Esfolei mãos e joelhos
E tu reduziste o acordo
A um montão de cacos velhos

Eu que vinha de tão longe
(do outro lado da rua)
Fazia o que tu quisesses
Só para te poder ver nua

Quero já os almanaques
Do fantasma e do patinhas
Os falcões e os mandrakes
Tão cedo não terás novas minhas

Linda, adoro esta musica

Beijinho****

Filipa <3 disse...

só o rui veloso para trazer o amor que existe em mim.

Ana Paula Motta disse...

Há dias mesmo assim, há pessoas que fazer isso.Mas tanto os dias como as pessoas passam.E tudo volta a brilhar um dia...beijinhos

Tecnenfermaginando disse...

mas ainda assim se abrir ao mundo e às pessoas,
torná-las real o qto puder
e reviver cada instante
como se fosse o último!

ter coragem de amar e amando desvendar-se...

ainda que doa, ou mesmo se arrependa.

amando sempre!

lindo, su, lindo!!!

Aria disse...

A mim também me prometeram uma das coisas que mais queria para, no final, ma tirarem só porque sim! E todos os dias canto essa música a pensar nessa promessa perdida! Beijinhos