Acerca de mim

A minha foto
"Com pequenas variantes, era um dia como todos os outros, até que bateste levemente na porta e inundaste a minha sala com a água clara dos teus olhos e salvaste a minha vida com um filtro mágico do teu sorriso e acendeste o mundo com o outro da tua trança semidesfeita e disseste, venho saber no que posso ajudá-lo, o meu nome é Inês."

domingo, 1 de março de 2009

rebentar sem explodir

A vida não se faz preencher só por dias bons, só por sorrisos e não sei mais o quê. Os dias podem parecer muito enormes, mesmo quando no fundo têm sempre a mesma duração que todos os outros. Há dias em que: aprende-se a calar a dor, a ternura, o rubor o que sobra de paixão. aprende-se a conter o gesto, a raiva, o protesto só que também há um dia em que a alma nos rebenta nas mãos... e depois? Que se faz? O mundo não espera que tudo fique bem, que tudo fique normal, para depois seguir. Isso é nos filmes, quando alguém cai o mundo estaciona e todos esperam alegremente que, aquele que caiu, se levante. E quando temos de sair do filme?

Enfim, coisas...

que eu completo com este pouco de música:

Yesterday was easy - happiness came and went. I got the movie script but I don't know what it meant.

7 comentários:

Ivan Mota disse...

O tempo não pára, o mundo não pára, ninguém espera por nós. É a lei do mais forte, temos que ser fortes o suficiente para conseguir derrubar barreiras. ;)

Filipa <3 disse...

têm sempre a mesma duração, mas nem todos têm a mesma importância, quanto mais importantes forem, mais tempo parece que duram, na realidade, acumulamos é mais informações e lembranças.
Beijinhos*

V disse...

sublinho o que o Ivan disse :)

Luis Bento disse...

Se fôr um filme... espera pelo intervalo... a segunda parte há-de ser melhor...

O Profeta disse...

Mudei os meus mais profundos desejos
Vi reflectida em ti a ternura
Não há derrota no sonho
Não há revolta, apenas brandura

O julgamento dos teus fracassos
É feito numa lagoa sem azul
Um milhafre lança um pio de raiva
Que atinge o branco das casas do sul


Boa semana


Mágico beijo

Maria Miguel disse...

volto a repetir: na vida, se tudo fosse cor-de-rosa, o desafio de a viver não existia.

[este título é o que sinto, tanto.]
amo-te

Eli disse...

Os entraves são sempre bons para o nosso crescimento como pessoa!